Artigos e Reportagens

Escrito por Valério Santos
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Ferroviário
Publicado em 05 Fevereiro 2013
PDF Imprimir

Noite de 21-01-2013. Em Granja do Ulmeiro, localidade onde se situa a estação de Alfarelos, era mais uma pacata noite com aguaceiros, mas, pouco depois das 21h, esta pacatez é interrompida por um enorme estrondo. Dois comboios tinham chocado. De pronto foram acionados vários meios de socorro para o local, mais de centena e meia de bombeiros, mais de 50 viaturas e um helicóptero.

Destroços da colisão

Ler mais... Acidente Ferroviário de Alfarelos
 
Escrito por Nelson Castro
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Ferroviário
Publicado em 18 Janeiro 2013
PDF Imprimir

Com o objectivo de dinamizar a nova página de artigos e reportagens do Terminal Intermodal, foi-me proposta a elaboração de um artigo cujo tema a abordar deveria ser escolhido por mim. Como entusiasta ferroviário e trainspotter que sou, optei por fazer um artigo sobre material circulante, mais precisamente sobre as locomotivas diesel da série CP 1960.

Durante a década de 70, período de grande mudança na ferrovia nacional devido à retirada de serviço de locomotivas a vapor de via larga, a CP viu-se obrigada a reajustar a frota de material circulante, tendo adquirido 13 novas locomotivas da série 1960 (1961-1973). Foram construídas pela Bombardier em 1979 e adquiridas pela CP nesse mesmo ano. O modelo escolhido foi o MXS – 627.

Locomotivas nº 1970 e 1973 com o comboio nº 92208 (Godim – Gaia) na Pala, Maio de 2010. André Lourenço ©

Ler mais... Locomotivas Diesel CP 1960
 
Escrito por Nelso Silva
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Ferroviário
Publicado em 10 Janeiro 2013
PDF Imprimir

No passado dia 20 de Dezembro de 2012, realizou-se uma marcha de ensaios da composição do comboio presidencial que foi integralmente restaurado pelo Museu Nacional Ferroviário (MNF), proprietário actual da composição. A marcha efectuou-se entre as oficinas da EMEF em Contumil (Porto) e a estação fronteiriça de Valença no norte do Minho e regresso a Contumil.

Ler mais... Comboio Presidencial regressa à linha
 
Escrito por Vitor Gomes
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Marítimo
Publicado em 29 Dezembro 2012
PDF Imprimir

Em 1997, a Transtejo teve de alugar catamarans para responder às necessidades das populações, nomeadamente para fazer as duas carreiras - Lisboa - Seixal e Lisboa - Montijo (ver duas imagens abaixo). A primeira frota de catamarans era composta pelo Algés, Castelo, Chiado e Bica e só depois apareceram mais quatro.

Factos interessantes destas duas embarcações: foram construídos na Noruega, tinha pavilhão Maltês e o armador era Búlgaro, visto que os barcos estavam estacionados em Varna (Bulgária) e faziam um trajecto até Istanbul (Turquia) - pelo Mar Negro - daí os dizeres "Black Sea Shipping".

Ler mais... Catamarans ao serviço da Transtejo
 
Escrito por Antero Pires
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Ferroviário
Publicado em 29 Dezembro 2012
PDF Imprimir

Por entre montes e trincheiras do concelho de Celorico de Basto, encontram-se os vestígios do troço Amarante – Arco de Baúlhe da Linha do Tâmega. Este troço, assim como muito outros teve o seu fim marcado na transição nos anos 80 para os anos 90. Não mais de 20 km percorrem este concelho, nos quais encontram-se instaladas 4 estações e 3 apeadeiros: Codeçoso, Lourido, Celorico de Basto, Britelo, Mondim de Basto, Padredo e Canedo. Embora esta reportagem irá centrar-se mais sobre Codeçoso, Celorico e o troço entre Britelo e Mondim, é importante referir que todas os edifícios desta parte encerrada da linha encontram-se bastante degradados com a excepção da casa de pessoal de Celorico, uma casa de PN em Britelo (ambas residências privadas) e também o cais de mercadorias de Canedo (era em 2008 um café).
A estação de Codeçoso dista ainda uns bons 2 km do centro da povoação que lhe dá o nome. Um pequeno edifício térreo que apenas não parece mais esquecido devido à estrada que passa próximo dele e que atravessa os restos da linha a Norte. Consta-se que em 2006 a autarquia tentou aterrar a linha junto à estrada. Nada disto foi oficialmente confirmado. Este era o estado de Codeçoso em Abril de 2006:

Ler mais... Perdida nas terras de Basto
 

Pág. 6 de 7

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 Seguinte > Fim >>