Artigos e Reportagens

Escrito por Fábio Pires
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Ferroviário
Publicado em 05 Maio 2015
PDF Imprimir

Os passados dias 1 e 2 de Maio foram dias ricos em movimentos ferroviários especiais. No primeiro dia de Maio, um grupo de pessoas das Paróquias de Nossa Senhora de Vinha da Areosa e do Senhor do Socorro, de Viana do Castelo, aproveitaram o feriado para realizarem um passeio turístico de comboio até ao Pocinho, na Linha do Douro enquanto no dia 2, desta vez no Alentejo, realizou-se o "Comboio do Cante" que trouxe mais de 600 pessoas à Ovibeja. O Terminal Intermodal procurou documentar estes dois movimentos e traz até vós uma pequena foto-reportagem sobre estes dois comboios. 

A locomotiva diesel 1415 com o "Comboio do Cante" prestes a chegar a Beja. Foto: Nelso Silva.

Ler mais... Maio: o mês dos grandes especiais a diesel
 
Escrito por Filipe Lavrador
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Ferroviário
Publicado em 03 Maio 2015
PDF Imprimir

Haverá outra estação em Portugal com tanta história para contar?

Santa Apolónia, no coração da cidade de Lisboa, foi inaugurada há 150 anos! Neste dia 1 de maio, de 1865. Uma segunda-feira.

No Diário de Notícias de 28 de abril de 1865 aparece uma descrição da abertura das portas da grande estação ao público: o “ferro foi todo manufacturado e preparado em Glasgow, sob a direcção do Sr. Blair”, a pedra lavrada de Pero Pinheiro “foi fornecida e preparada pelo Sr. Moreira Rato”, “os tijolos foram fabricados pelo Sr. Vidal, de Villa Franca”, “os apparellos de illuminação a gaz e a vidraça foram fornecidos pelo Sr. A. Werhain, de Brulexas”. A descrição completa-se com uma observação que evidencia a grandiosidade: “Os exforços de todos contribuíram para a elevação do magnífico edificado que hoje se ergue altivo na margem do Tejo, e que é mais uma das notáveis obras da capital, e porventura aquella que mais attesta os nossos progressos.”

Foi em 1873 que chegou a esta estação a primeira linha de transportes públicos organizados na cidade de Lisboa: os carros americanos para Santos permitiam a ligação com a estação dos caminhos-de-ferro. Aliás, a designação “C.FERRO”, em vigor até 2008 nas bandeiras dos elétricos e dos autocarros, não significava outra coisa senão Santa Apolónia. “A” estação, entenda-se.
Hoje são inúmeras as carreiras de autocarros da Carris, juntando-se uma linha de metropolitano. Pelos caminhos do tempo, ficou o amplo serviço de carros elétricos que a estação teve direito.

O facto de ter o título de principal estação da cidade de Lisboa há mais tempo, título que a estação de Lisboa Rossio arrebatou durante aproximadamente 60 anos, justifica o reboliço que ficou nalguns dos mais emocionantes momentos da história de Portugal. Humberto Delgado, Simone de Oliveira e Mário Soares são os exemplos mais populares, mas outras diversas estórias foram feitas nesta estação e muitas delas fazem parte da história coletiva do nosso povo. Dorita – Maria das Dores Castel-Branco - tentou representá-los com a sua escultura “Ao Emigrante Português”, em frente à estação ferroviária, no Largo dos Caminhos de Ferro.

Este artigo não é extenso, pelo contrário. Não se pretende fazer uma listagem exaustiva da história da principal estação ferroviária da cidade de Lisboa ou das suas caraterísticas. Esse é um trabalho já efetuado ao longo do tempo, amplamente divulgado e de fácil acesso.
Também não é objetivo dissertar sobre o que será o seu futuro nem o seu papel na cidade de Lisboa ou na rede ferroviária nacional.
Somente celebrá-la.
Somente agradecer a todos os que têm trabalhado há 150 anos para que hoje esta estação ferroviária continue a ser o que é.
É uma data bonita de um edifício que, embora de poucas complexidades arquitetónicas, é incontornável da cidade e do país. E que decerto, deixa orgulhoso qualquer um, como o jornalista do DN que ali fora a 28 de abril de 1865: é “porventura aquella que mais attesta os nossos progressos”.

 

Fontes Consultadas:

Carris – Transportes de Lisboa. História. Consultado online a 30 de abril de 2015, URL: http://carris.transporteslisboa.pt/pt/historia/

Carvalho, LFSM. 2010. Dissertação de Mestrado para obtenção do Grau de Mestre em Escultura Pública. Escultura aos Emigrantes Portugueses. Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Lisboa.

 

Diário de Notícias. 12-09-2014. CP – Atrair passageiros mesmo sem alta velocidade. Consultado online a 30 de abril de 2015, URL: http://150anos.dn.pt/2014/09/12/cp-atrair-passageiros-mesmo-sem-alta-velocidade/

 
Escrito por Fábio Pires
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Ferroviário
Publicado em 01 Janeiro 2015
PDF Imprimir

O fórum Terminal Intermodal, à semelhança do que tem acontecido todos os anos, promoveu mais uma vez, durante o ano de 2014, um concurso mensal que elege a melhor foto de um conjunto de várias que são submetidas a votação pelos nossos utilizadores. O tema é, como é óbvio, os transportes. A melhor foto é partilhada todos os meses aqui no nosso site, no nosso Facebook, no nosso grupo do Flickr e no Twitter. Para os mais desatentos, aqui ficam as 12 melhores fotos de 2014, para os utilizadores do fórum Terminal Intermodal.

Ler mais... As melhores fotos do ano 2014
 
Escrito por Fábio Pires
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Ferroviário
Publicado em 01 Novembro 2014
PDF Imprimir

À semelhança do que tem acontecido ano após ano, o Portuguese Traction Group, apesar dos inúmeros contra-tempos, não fugiu à regra e brindou os entusiastas portugueses com mais uma viagem anual pelas ferrovias do nosso país. A viagem deste ano, intitulada "Portugal Diesel Farewell", durou quatro dias. No dia 17, este grupo de entusiastas ingleses optou por usar os comboios urbanos da CP para viajar até Braga e nos dias 18, 19 e 20 de Outubro, fretaram um comboio à CP e viajaram pelas linhas do Minho, Norte, Beira Alta e Oeste. A viagem deste ano no comboio especial começou no Porto, no dia 18, de onde seguiram para Valença e depois para Coimbra, onde pernoitaram. No dia seguinte a viagem efectuou-se entre Coimbra - Vilar Formoso - Coimbra e no dia 19 seguiram até às Caldas da Rainha e Lisboa, via Linha do Oeste, regressando depois ao Porto via Linha do Norte. Como não podia deixar de ser, o Terminal Intermodal tratou de marcar presença neste evento que se realiza anualmente e trás até vós algumas fotos da incursão do comboio especial composto por uma locomotiva (série 1900 no dia 18 e série 1400 nos restantes dias) e duas carruagens Sorefame pelas linhas enumeradas anteriormente e que fizeram parte desta viagem anual.

Ler mais... PTG 2014
 
Escrito por Filipe Lavrador
Artigos e Reportagens» Categoria: Transporte Ferroviário
Publicado em 09 Julho 2014
PDF Imprimir

As festas de San Fermín, em Pamplona, são o grande atrativo da cidade que coloca o touro como grande protagonista e dele faz uma festa de fama mundial. Serão nove dias de loucura coletiva, sendo esperado um milhão de pessoas entre 6 e 14 de julho.

Foto cedida pelo Turismo do Ayto. de Pamplona

A Renfe articulou a cidade de Pamplona com o Trenhotel Sud, Lisboa – Hendaye/Irún – Lisboa, da reformulação efetuada o ano passado e assinalada pelo Terminal Intermodal. No entanto, esta ligação carecia de uma tarifa combinada com bilhete fechado para entre ambos os comboios, pelo que a ligação entre um e outro não se encontrava, pelo menos oficialmente, assegurada.

Ler mais... No Sud Trenhotel a San Fermín 2014
 

Pág. 2 de 7

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 Seguinte > Fim >>